Páginas

17 fevereiro 2011

Sorte ou matemática?

Mega sena, loto mania, raspadinha, rifa, enfim, a sorte bate a porta, ou melhor, na casa lotérica. E aí, você quer apostar comigo que as chances de ganhar são pura matemática? Os matemáticos fazem as contas e dizem que a probabilidade de acertar uma dezena, bicho e outros jogos não se tratam de sorte. Mais o que exatamente acontece quando uma pessoa compra um único número e ganha desafiando a probabilidade? A sorte existe? No livro de 2 corintios 5:20 diz:

De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.

Seria sorte a menor chance possível de algo acontecer? Ou a de toda a melhor? Talvez um pouco das duas. O que é mais interessante é que na maioria das vezes a sorte está relacionada ao destino, como se a sorte fosse à chave para mudar o destino, e se o destino for exatamente esse, então nada mudou, logo a sorte perdeu o sentido. Quer saber de uma coisa? Trabalhe, conquiste e seja feliz, assim nem a sorte nem o azar (se é que eles existem) poderá tirar o sentido de sua vida. 


Um comentário:

... disse...

Gosteiiii...a foto é linda!!!
Parabéns maninho...